Please use another Browser

It looks like you are using a browser that is not fully supported. Please note that there might be constraints on site display and usability. For the best experience we suggest that you download the newest version of a supported browser:

Internet Explorer, Chrome Browser, Firefox Browser, Safari Browser

Continue with the current browser

Siemens vai converter ferries norteamericanos para propulsão híbrida

A Siemens é a empresa escolhida pela Washington State Ferries (WSF), transportadora norteamericana, para o projeto de eletrificação de três embarcações da sua frota. À tecnológica caberá a realização de estudos de substituição do sistema de controlo de propulsão atual e a sua conversão para propulsão híbrida, que vai resultar numa redução da pegada de carbono em 48.565 toneladas métricas de CO2 por ano. Após a conversão, estes ferries terão emissões de carbono próximas do zero.
Os três ferries da WTS, da classe Jumbo Mark II e os maiores da frota, são responsáveis por mais de 26% do consumo anual de combustível da empresa, o que corresponde a cerca de 22 milhões de litros de diesel por ano. Cada uma destas embarcações tem capacidade para 1.800 passageiros e 202 veículos e fazem as ligações entre o centro de Seattle e a ilha de Bainbridge e entre Kingston e Edmonds, no estado de Washington, nos Estados Unidos da América.
Ao longo dos próximos anos, a Siemens vai eletrificar, juntamente com a WSF, a propulsão dos ferries para passarem a ser um modo de transporte com emissões de carbono próximas do zero. O projeto de reconversão, atualmente em fase de estudo de engenharia, inclui a retirada de dois geradores de propulsão, a instalação de um sistema de armazenamento de energia em baterias e o desenvolvimento do sistema de carregamento rápido. O trabalho inclui ainda o acompanhamento da operação de conversão e a instalação de estações de carregamento rápido em cada cais de embarque.
António Carvalho, responsável pela área Marine Solutions da Siemens Portugal, explica: “este é um futuro possível para a modernização de frotas a operar no transporte marítimo. Projetos de conversão deste género trazem vários benefícios, quer ao nível da redução dos custos com a manutenção das embarcações e com os combustíveis, quer no resultado real das operações que passam a ser ainda mais seguras e sustentáveis.”
Prevê-se que estas conversões reduzam os custos de combustível e de manutenção em mais de 12.6 milhões euros por ano. Além disso, os passageiros vão poder desfrutar de viagens mais agradáveis e menos poluentes, livres do ruído, das vibrações e dos fumos dos motores a diesel.
A Siemens já realizou outros projetos do género por toda a Europa, tal como a recente conversão do Princess Benedikte, de 142 metros de comprimento. Operado pela companhia de navegação Scandlines, este ferry tem o maior sistema de propulsão híbrida do mundo instalado numa embarcação deste género e armazena o excesso de energia elétrica em baterias, eliminando assim a necessidade de recorrer a um dos cinco geradores a diesel do ferry.

14 milhões de dólares

For this press release

Sobre a Siemens Portugal A Siemens está em Portugal há 113 anos empregando atualmente 2.469 profissionais. A Siemens sedeou em Portugal vários centros de competência mundiais nas áreas da energia, infraestruturas, tecnologias de informação e serviços partilhados, que exportam soluções e serviços made in Portugal para os cinco continentes. Para mais informações, visite www.siemens.pt ou https://twitter.com/SiemensPortugal
Ler mais
A Siemens AG (Berlim e Munique) é um grupo tecnológico global, que se destaca há mais de 170 anos pela excelência da sua engenharia, inovação, qualidade, fiabilidade e internacionalidade. A empresa está presente em todo o mundo, com enfoque especial nas áreas da produção e distribuição de energia, infraestruturas inteligentes para edifícios, sistemas de produção distribuída de energia, assim como de automação e digitalização nas indústrias de processo e transformadoras. Através da empresa Siemens Mobility, com gestão separada, fornecedor líder de soluções de mobilidade inteligente para o transporte ferroviário e rodoviário, a Siemens está a ajudar a moldar o mercado mundial de serviços de transporte de passageiros e de cargas. Através da sua posição maioritária nas empresas cotadas em bolsa Siemens Healthineers AG e Siemens Gamesa Renewable Energy, a Siemens é também um fornecedor líder mundial de tecnologia médica e de serviços de cuidados de saúde digitais, assim como de soluções “verdes” para produção de energia eólica, onshore e offshore. No ano fiscal de 2018, findo a 30 de setembro de 2018, a Siemens gerou receitas de 83 mil milhões de euros e um resultado líquido de 6,1 mil milhões de euros. No fim de setembro de 2018, a Siemens empregava mundialmente cerca de 379.000 colaboradores. Mais informações disponíveis em www.siemens.com.
Ler mais

Contacto

Rita Silva

Siemens SA

+351 96 458 24 99