Please use another Browser

It looks like you are using a browser that is not fully supported. Please note that there might be constraints on site display and usability. For the best experience we suggest that you download the newest version of a supported browser:

Internet Explorer, Chrome Browser, Firefox Browser, Safari Browser

Continue with the current browser

Siemens exporta carregadores elétricos made in Portugal

Será criada uma linha de produção dedicada e a fábrica terá capacidade para produzir mais de 300 unidades por ano. As primeiras entregas devem acontecer ainda em 2019, e destinam-se a projetos em Inglaterra, Alemanha e Suécia. Aliás, estima-se que 90% dos carregadores produzidos na fábrica da Siemens em Corroios serão para exportação. Se o mercado evoluir favoravelmente, a empresa prevê vir a produzir, nesta unidade, 1400 carregadores por ano até 2025.
Para Pedro Pires de Miranda, Presidente Executivo da Siemens Portugal, “os investimentos recentes que fizemos na nossa fábrica e a aposta na captação de centros de competências internacionais fizeram com que fosse possível passar a produzir estes equipamentos em Portugal. Para além de reforçar as nossas exportações, contribui para melhor posicionar Portugal na mobilidade elétrica, uma área de futuro e em franco crescimento.”
“Importa ainda salientar que o sector do transporte rodoviário, especialmente no que se refere a veículos comerciais, é dos que mais polui o ar e emite toneladas de CO2, pelo que reforçamos o nosso contributo para a redução de emissões, descarbonização e melhoria da qualidade do ar”, acrescentou o responsável.
Uma das razões para Portugal ter sido escolhido para a produção destes carregadores foi o sistema de gestão associado ter sido desenvolvido pelo Centro de Competências de e-Bus da Siemens, que está sediado no país, com as inerentes vantagens associadas à proximidade entre o centro de I&D e a cadeia de produção. Além disso, os processos produtivos existentes na fábrica de Corroios, bem como a dimensão da própria unidade, adequam-se às necessidades de fabricação e aos níveis de qualidade exigidos pelos clientes, que valorizam o selo ‘Made in Europe’.
De futuro e se necessário esta gama de carregadores pode ser adaptada ao carregamento ultrarrápido e ao carregamento automatizado para frotas comerciais.
O Centro de Competências de e-Bus dedica-se ao desenvolvimento de sistemas de carregamento e sistemas de potência e controlo a bordo para autocarros elétricos. É responsável tanto pela infraestrutura de carregamento, como pela tecnologia instalada a bordo dos veículos. Desde que foi criado, já forneceu mais de 150 carregadores para o mundo inteiro.
Recorde-se que a fábrica da Siemens em Corroios anunciou, em fevereiro deste ano, o aumento de 60% da sua capacidade de produção de quadros elétricos de baixa tensão Sivacon. Também foi selecionada, em 2017, pela Siemens AG para receber uma nova linha de produção do modelo SIMOSEC, quadro elétrico modular de média tensão. Estes modelos irão continuar a ser produzidos em Corroios, a par dos novos carregadores elétricos.
<b>Sobre a Siemens Portugal</b><p> A Siemens está em Portugal há 113 anos empregando atualmente 2.469 profissionais. A Siemens sedeou em Portugal vários centros de competência mundiais nas áreas da energia, infraestruturas, tecnologias de informação e serviços partilhados, que exportam soluções e serviços made in Portugal para os cinco continentes. Para mais informações, visite <a href="https://www.siemens.pt" target="blank">www.siemens.pt</a> ou <a href="https://twitter.com/SiemensPortugal" target="blank">https://twitter.com/SiemensPortugal</a>
Ler mais
A <strong>Siemens AG (Berlim e Munique)</strong> é um grupo tecnológico global, que se destaca há mais de 170 anos pela excelência da sua engenharia, inovação, qualidade, fiabilidade e internacionalidade. A empresa está presente em todo o mundo, com enfoque especial nas áreas da produção e distribuição de energia, infraestruturas inteligentes para edifícios, sistemas de produção distribuída de energia, assim como de automação e digitalização nas indústrias de processo e transformadoras. Através da empresa Siemens Mobility, com gestão separada, fornecedor líder de soluções de mobilidade inteligente para o transporte ferroviário e rodoviário, a Siemens está a ajudar a moldar o mercado mundial de serviços de transporte de passageiros e de cargas. Através da sua posição maioritária nas empresas cotadas em bolsa Siemens Healthineers AG e Siemens Gamesa Renewable Energy, a Siemens é também um fornecedor líder mundial de tecnologia médica e de serviços de cuidados de saúde digitais, assim como de soluções “verdes” para produção de energia eólica, onshore e offshore. No ano fiscal de 2018, findo a 30 de setembro de 2018, a Siemens gerou receitas de 83 mil milhões de euros e um resultado líquido de 6,1 mil milhões de euros. No fim de setembro de 2018, a Siemens empregava mundialmente cerca de 379.000 colaboradores. Mais informações disponíveis em <a href="www.siemens.com" target="_blank">www.siemens.com</a>.
Ler mais

Contacto

Rita Silva

Siemens SA

+351 96 458 24 99