Please use another Browser

It looks like you are using a browser that is not fully supported. Please note that there might be constraints on site display and usability. For the best experience we suggest that you download the newest version of a supported browser:

Internet Explorer, Chrome Browser, Firefox Browser, Safari Browser

Continue with the current browser

Siemens ajuda a combater escassez de água em projeto de dessalinização em Cabo Verde

A solução integrada de instrumentação e automação que as equipas de engenharia da Siemens instalaram nestas centrais permite que estas operem de forma totalmente automática e autónoma, e que sejam monitorizadas remotamente, permitindo fazer manutenção preditiva, reduzindo custos e aumentando a fiabilidade geral dos sistemas.
“Em Cabo Verde, a dessalinização da água do mar tem vindo a ajudar a combater a escassez de água potável e a seca. É por isso, para a Siemens, extremamente importante ter feito parte de dois projetos que estão a ter um impacto muito positivo na vida das pessoas que vivem e visitam estas ilhas”, afirmou António Mira, responsável pela área da Indústria da Siemens Portugal.
“Através deste projeto, é possível fazer um controlo mais simples e flexível da produção de água potável, gerir de forma centralizada os dados operacionais e os sistemas informáticos, bem como fazer uma gestão mais eficiente dos ativos, otimizando a manutenção e reduzindo os tempos de paragem dos equipamentos” acrescentou o responsável da Siemens.
Para Emanuel Correia, Managing Director da Acciona Água Portugal, “foi um privilégio para a empresa ter sido adjudicatária da construção destas duas centrais de dessalinização, tendo podido contribuir ativamente para a melhoria e bem-estar da população destas duas ilhas. A colaboração e a parceria levada a cabo com a Siemens Portugal fizeram com que se conseguisse dotar estas instalações com a melhor tecnologia disponível a nível de automação e comando, permitindo a operação e manutenção das mesmas com grande segurança e fiabilidade”.
A intervenção da Siemens nestas duas centrais, que se encontram já em plena operação, incluiu o desenvolvimento e fornecimento de todo o projeto de automação e comando e também do software e hardware de automação, sustentados pela plataforma de controlo distribuído SIMATIC PCS7.
O SIMATIC PCS7 é um sistema de automação de processos destinado à flexibilização, escalabilidade, disponibilidade e segurança de infraestruturas industriais, ajudando as indústrias de processo na sua transformação digital através de hardware e software inovadores.

1 Processo através do qual se obtém uma água química e bacteriologicamente potável, livre de contaminantes.

For this press release

Sobre a Siemens Portugal A Siemens está em Portugal há 113 anos empregando atualmente 2.469 profissionais. A Siemens sedeou em Portugal vários centros de competência mundiais nas áreas da energia, infraestruturas, tecnologias de informação e serviços partilhados, que exportam soluções e serviços made in Portugal para os cinco continentes. Para mais informações, visite www.siemens.pt ou https://twitter.com/SiemensPortugal
Ler mais
A Siemens AG (Berlim e Munique) é um grupo tecnológico global, que se destaca há mais de 170 anos pela excelência da sua engenharia, inovação, qualidade, fiabilidade e internacionalidade. A empresa está presente em todo o mundo, com enfoque especial nas áreas da produção e distribuição de energia, infraestruturas inteligentes para edifícios, sistemas de produção distribuída de energia, assim como de automação e digitalização nas indústrias de processo e transformadoras. Através da empresa Siemens Mobility, com gestão separada, fornecedor líder de soluções de mobilidade inteligente para o transporte ferroviário e rodoviário, a Siemens está a ajudar a moldar o mercado mundial de serviços de transporte de passageiros e de cargas. Através da sua posição maioritária nas empresas cotadas em bolsa Siemens Healthineers AG e Siemens Gamesa Renewable Energy, a Siemens é também um fornecedor líder mundial de tecnologia médica e de serviços de cuidados de saúde digitais, assim como de soluções “verdes” para produção de energia eólica, onshore e offshore. No ano fiscal de 2018, findo a 30 de setembro de 2018, a Siemens gerou receitas de 83 mil milhões de euros e um resultado líquido de 6,1 mil milhões de euros. No fim de setembro de 2018, a Siemens empregava mundialmente cerca de 379.000 colaboradores. Mais informações disponíveis em www.siemens.com.
Ler mais

Contacto

Rita Silva

Siemens SA

+351 96 458 24 99